#37 – Drácula (1931)

Poster original.

Como minhas impressões dos filmes são baseadas nas minhas sensações, na minha vivência de “cinéfila” e no olhar que venho treinando há anos na área de Design, particularmente o de Moda, muitas vezes o filme que eu vejo é muito diferente do que um ator, cineasta, estudante de cinema ou audiovisual vê. Há quem fale dos defeitos na produção de “Drácula”. Eu, por outro lado, vejo um clássico de horror, independente dos problemas que o longa possa ter.
“Drácula” concedeu a Bela Lugosi um vínculo de sua imagem com o cinema de horror e ficção que jamais seria esquecido, tornou-se um mito. É minha segunda adaptação preferida do livro de Bram Stoker, e acho interessantíssimo o detalhe do vestuário – como já havia comentado em “O Morro dos ventos Uivantes”, apesar de não me lembrar exatamente onde li, soube que na década de 1930 não havia um desenvolvimento muito grande dos figurinos, provavelmente em decorrência da crise de 1929. Originalmente, a história de Drácula acontece no fim do século XIX, mas pelas roupas que as personagens deste filme usam, o que vemos é o vestuário dos anos 1930, mesmo.
Quase um século depois, podemos ver Lugosi estampado em camisetas e outros objetos de diversas marcas caracterizado como seu personagem mais famoso.
Em 1979 a banda Bauhaus lançou seu primeiro single – uma música chamada “Bela Lugosi is Dead“, que quatro anos depois foi utilizada na abertura do filme de vampiros “Fome de Viver”.
Outra curiosidade sobre este “Drácula” é que ao mesmo tempo uma versão espanhola (que nunca encontrei) estava sendo filmada, compartilhando os mesmos sets em horários alternados.

[mais]

Foi a primeira adaptação oficial de Drácula de Bram Stoker para o cinema, nove anos depois do polêmico “Nosferatu”.

Título Original: Dracula
Origem e Ano: EUA, 1931
Direção: Tod Browning
Roteiro: Garrett Fort, baseado na adaptação do livro de Bram Stoker feita para o teatro por Hamilton Deane e John L. Balderston.
Gênero: Horror
Música: Originalmente, apenas um trecho de “O Lago dos Cisnes” de Tchaikowsky era utilizado na abertura do filme. Segundo o IMDB, em 1999 teve uma trilha sonora incluída, composta por Philip Glass.

No IMDB.
No Adoro Cinema.

3 comentários em “#37 – Drácula (1931)

  1. A versão em espanhol está no youtube na íntegra.Uma vez eu postei até no meu facebook o link.
    No dvd do dracula da coleção dos monstros da universal, a versão em espanhol vem como bônus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s