#52 – Batman Eternamente

Poster original

“Batman Eternamente” não tem muita coisa em comum com seus dois antecessores. O filme foi produzido por Tim Burton, mas dirigido por Joel Schumacher, o personagem principal deixou de ser interpretado pelo Beetlejuice Michael Keaton para ser encarnado pelo Jim Morrison Val Kilmer e ganhou uma estética muito, mas muito mais colorida do que os anteriores. Algumas resenhas até chamavam de “clubber”.
Eu me acostumei a ser um tanto flexível com filmes baseados em quadrinhos porque os próprios quadrinhos acabam sendo muito diferentes entre si. É só olhar como o Batman era no início e como foi se tornando complexo e sombrio conforme mudava a equipe por trás das histórias. Mas o grande problema dos dois filmes dirigidos por Joel Schumacher é que brilham demais, são coloridos demais, tem mamilos demais – quem nunca ouviu falar da armadura do Morcego com mamilos, que incomodou horrores os fãs, e não sem razão? – e tudo isso se sobrepõe ao roteiro. Eu lembro mais do filme por suas cores do que por sua história, e devo ter assistido em pelo menos metade das vezes que passou na televisão e até na escola.
A Nicole Kidman está linda, acho que foi a “mocinha” mais bonita nos filmes do Batman até hoje, e em algumas revistas antigas vi que sua atuação foi bem elogiada na época. O Chris O’Donnell também está bonito, mas o Robin é muito rasinho pra um moço que acabou de ver os pais serem assassinados pelo Duas Caras.
Pelo que me recordo, não acho que o filme seja necessariamente ruim, mas não está entre meus três preferidos entre as franquias.

[mais]

A incompreensível armadura com mamilos.

As canções “Kiss From a Rose” do Seal e “Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me” do U2 receberam indicações no MTV Movie Awards de 1996.

Título Original: Batman Forever
Origem e Ano: EUA e Reino Unido, 1995
Direção: Joel Schumacher
Roteiro: Lee Batchler, Janet Scott Batchler e Akiva Goldsman, baseado em história de Lee Batchler e Janet Scott Batchler e personagens de Bob Kane.
Gênero: Aventura
Figurino: Ingrid Ferrin e Bob Ringwood
Música: Elliot Goldenthal

No IMDB.
No Adoro Cinema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s