Mês das Trevas

de outubro a novembro semi-vivi.

voltei a sofrer de insônia, ter gastrite e ficar agoniada por uma série de acontecimentos em meu emprego.
chegava em casa, não tinha ânimo nem pra responder meus e-mails, e agora estou correndo contra o tempo para conseguir retomar o contato com as pessoas queridas, responder o que ainda consigo, deletar as coisas que perdi o prazo, e por aí vai. de uma forma geral, outubro e novembro foram um período que me angustiou muito, e ainda estou me refazendo.

é como se o ano já tivesse acabado para mim, estou direcionando meus esforços em finalizar tudo que é necessário e o que vale a pena, para começar a traçar um desenho mais bonito para 2013.
vi em alguns sites que, para o horóscopo chinês, 2013 será o ano da Serpente da água – e começa em fevereiro, não junto com o réveillon – e que isso significa sorte na área profissional. gosto de ler sobre essas coisas e, embora não seja muito de misticismos, atribuir significado às coisas me agrada.
sempre gostei de cobras. elas são criaturas que instigam a imaginação das pessoas – da mitologia oriental, passando por canções de rock e livros do Harry Potter. talvez para nosso exagerado antropocentrismo seja incompreensível como um animal sem patas consegue se virar pra viver e ainda ser perigoso para os “evoluídos” bípedes e quadrúpedes.

uma vez, ainda em São Paulo, uma mulher no metrô olhou para o anel de cobra em meu dedo e falou sobre o significado das cobras, da proteção que elas traziam para as pessoas que usavam esse tipo de acessório. achei curioso, nunca mais esqueci.
dentro da minha cabeça, unindo todas essas coisas, eu acabo adotando a cobra como um ícone para 2013, um ano que pode ser o rito de passagem para ir mais longe do que jamais imaginei em minha vida – em muitos sentidos.

a virada de ano é um acontecimento com um valor simbólico muito alto para mim e estou disposta a trabalhar para que nestes dias restantes de 2012 – e do ano do Dragão, portanto, até fevereiro – sejam plantadas sementes que não possam ser trituradas em moinhos de emoções.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s